Skip to main content

Achados e perdidos – CPTM SP

Achados e perdidos - CPTM SP

Achados e perdidos – CPTM SP

Só os usuários da Estação Brás, a mais movimentada do sistema CPTM, esqueceram mais de 8 mil itens

Achados e perdidos - CPTM SPDiariamente chegam à Central de Achados e Perdidos da CPTM (Companhia de Trens Metropolitanos),localizada na Estação Barra Funda,inúmeros objetos esquecidos nas estações e no interior dos trens.No entanto,há sempre algo inusitado entre um item e outro,como um par de muletas ou um manequim,cuja falta deles,seria facilmente percebida.

Assim, ao lado de guardachuvas, um dos campeões de esquecimento, também figuram outros artigos curiosos como próteses dentarias, um cavaquinho, barraca de camping e ate um drone.

Em 2017, foram achados quase 78 mil itens nas seis linhas. No ano passado, esse numero aumentou em mais 10 mil,totalizando 88.611 peças esquecidas nas linhas do sistema.

 

CENTRAL esta na Estação Barra Funda

A estação Brás é a mais movimentada e ostenta o primeiro lugar no ranking de objetos esquecidos: mais de 8 mil itens.

A Estação PalmeirasBarra Funda ficou em segundo lugar, com cerca de 7 mil peças.

Quando a contabilidade é por linhas, em 2018, a campeã foi a Linha 12Safira, com 18.508 itens esquecidos.

A viceliderança se manteve com a Linha 8Diamante que registrou 17.349 peças.

Do total de objetos encontrados nas dependências da CPTM, a media de devolução gira em torno de 40%.O trabalho intenso dos funcionários da Central de Achados e Perdidos é fundamental para isso,já 70% das devoluções são feitas devido a investigação minuciosa e contato ativo feito pelos empregados da central.Apenas 30% das devoluções ocorrem por iniciativa do proprietário.

Quando os itens chegam à central, passam por uma triagem, onde são separados objetos, valores e documentos que podem indicar formas de contato com o proprietário, seja por telefone, email ou carta, já que a devolução dos pertences aos proprietários é o foco da Central de Achados e Perdidos. Depois são cadastrados e guardados.

Todos os objetos entregues na central ficam armazenados por até 60 dias. É neste tempo que os empregados atuam para achar o dono e,quando não são localizados,os itens são encaminhados para o Fundo Social de Solaridade do Estado de São Paulo entidade social mantida pelo Governo do Estado. A instituição já foi beneficiada com roupas e brinquedos entre outros. No caso de documentos, a maioria é devolvida aos órgãos expedidores, e os cartões de banco são destruídos.

Se você perdeu algum objeto e acha que pode ter sido nas dependências da CPTM, procure a Central de Achados e Perdidos, que funciona de segunda a sextafeira, das 8h às 17h, exceto feriados, na Estação PalmeirasBarra Funda. O contato também pode ser feito pelo telefone 08000550121 ou pelo email usuário@cptm.sp.gov.br

Também: www.cptm.sp.gov.br/

Leia também:

Funicular

Monotrilho fara ligação entre terminais no aeroporto de Guarulhos – CPTM

 

Achados e perdidos – CPTM SP

 

Ranking das Estações 2018: itens perdidos e achados

1º lugar : Brás 8.198 itens

2º lugar : PalmeirasBarra Funda 7.173 itens

3º lugar : Guaianases 5.409 itens

4º lugar : Luz 5.225 itens

5º lugar : Osasco 2.694itens

6º lugar: Tatuapé 2.307 itens

7º lugar: Pinheiros 1.702 itens

 

Ranking das Linhas 2018: itens perdidos e achados

1º lugar : Linha 12Safira 18.508 itens

2° lugar : Linha 8Diamante 17.349 itens

3º lugar : Linha 9Esmeralda 16.702 itens

4º lugar : Linha 11Coral 14.560 itens

5º lugar : Linha 10Turquesa 12.997 itens

6º lugar : Linha 7Rubi 7.333 itens

7º lugar : Linha 13Jade 1.162 itens

 

Confira achados e perdidos METRÔ SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *