Skip to main content

METRO EXPLOSIVO – CHILE

METRO EXPLOSIVO - CHILE

METRO EXPLOSIVO – CHILE


Aumento da tarifa do metrô de Santiago foi o
estopim para confusão no Chile.

-Desigualdade social, planos de saúde com custos até três vezes
maiores para as mulheres, alta de 9,2% nas contas de energia
elétrica, aposentadoria cujo valor não chega ao de um salário
mínimo.

Motivos que também foram somados para gerarem os protestos que tomaram as ruas de diversas regiões do país na ultima semana
principalmente em Santiago, capital.

Os preços têm subido, a desigualdade tem aumentado e tudo isso
levou a uma convulsão social. O aumento dos preços no metro foi o
gatilho.
Como resultado da alta na tarifa, a passagem de metro em Santiago
passaria a custar o equivalente a R$4,81 no horário de pico. A
justificativa foi o aumento do preço do dólar e do petróleo.
A decisão gerou protestos estudantis na sexta feira
(18), duramente reprimidos pela policia, o
que levou a uma escalada de violência no fim de
semana que já deixou pelo menos 11 mortos.
EXÉRCITO nas RUAS
Para conter os distúrbios, o Governo decretou estado de emergência
em varias regiões, autorizando a presença do Exercito nas ruas pela
primeira vez desde a redemocratização do país, em 1990.

FUNCIONAMENTO:
Nesta segunda feira (21), o metrô de Santiago fechado desde sextafeira voltou a funcionar parcialmente e a cidade amanheceu em
relativa calma, depois que a Câmara dos Deputados do Chile aprovou
na noite de domingo (20), em sessão de emergência, um projeto de
lei para cancelar o aumento dos valores da passagem de metro.

Leia também:

METRO EXPLOSIVO – CHILE


METRÔ DE SANTIAGO


Local: Santiago do Chile
Tipo de transporte: Ferroviário (Metropolitano)
Numero de Linhas: 7
Numero de estações: 136
Trafego: diariamente em torno de 2,3 milhões de passageiros
Web site: www.metrosantiago.cl
Operadora: Metro S.A.

Dados técnicos:

Extensão do sistema: 139 km
Bitola: 1435 mm
Velocidade máxima: 75 km/h
O Metro de Santiago é o sistema metropolitano que cruza grande
parte da cidade de Santiago de Chile, capital da Republica de Chile.
Este sistema de transporte é administrado pela empresa de capital
estatal Metro S.A.
O Metro de Santiago é um dos sistemas mais modernos da America
Latina, além de ser o terceiro maior dessa região, atrás apenas do
Metro da Cidade do México e do Sistema Metropolitano de São Paulo.

Fontes: www.metrosp.blog.br
www.noticias.r7.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *